A CONEXÃO COM AS NOVAS TERAPÊUTICAS É A MARCA DO SEGUNDO DIA DO CONGRESSO

O segundo dia de atividades do 28º Congresso da Sociedade Mineira de Cardiologia é marcado pela discussão das novas evidências terapêuticas na arte cardiovascular.

Trials recentes impactantes como o CANTOS, CASTLE AF, COMPASS, TREAT, DETOX 2-AMI e SECURE PCI foram discutidos com a plateia em uma das sessões, além de evento paralelo com a apresentação crítica dos vários trials que influenciaram a prática clínica nos últimos 12 meses pelo pesquisador do Hospital Albert Einsten/SP, Otávio Berwanger.

Simpósios satélites fizeram parte do dia, salientando as novidades dos DOAC’s em fibrilação atrial pós-tratamento percutâneo, avanços recentes na terapêutica medicamentosa da insuficiência cardíaca, um passeio pelos últimos guidelines nacionais e internacionais, dentre outros.

Uma sessão específica com perguntas e respostas rápidas, enviadas previamente pelos associados e respondidas por experts, salas com perspectivas em fibrilação atrial, síncope, miocardiopatias, hipertensão, com a nova “sensação” em Cardiologia, a Cardioendocrinologia, dentre outras, com amplo espaço à interação com a plateia, marcaram os trabalhos.

O grande simpósio da Associação Mineira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista em associação com a SMC teve importante presença de público e marcou o retorno dos eventos daquela entidade ao Congresso.

A grande exposição de novos produtos pela indústria e a rica apresentação de trabalhos científicos pelos diversos serviços de Cardiologia do Estado de Minas, completaram o dia.

O jantar de confraternização para os congressistas, realizado na noite do primeiro dia, logo após a abertura oficial, onde várias autoridades médicas e políticas foram recebidas, além de emocionantes homenagens concedidas pela SMC aos doutores Elmiro Santos Resende e Arnaldo Elian (in memorian), rendeu comentários entusiasmados.

               O presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Oscar Pereira Dutra, em visita ao evento, confirmou a crescente pujança da Cardiologia mineira no país e salientou a sua alegria com a “retomada grandiosa” do Congresso Mineiro, em seu discurso.

Amanhã, último dia do evento, acontecerá o “Super Sábado”, atividade inédita conduzida por dezenas de experts que discutirão com a plateia casos clínicos reais e suas condutas, à luz das mais novas evidências científicas.

Ainda dá tempo: participe do maior encontro anual da Cardiologia mineira!


Foto: arquivo SMC